Centenário, vergonhoso, um ano para se esquecer

Esse ano era pra ter dois projetos em andamento, mas pela má administração não foram pra frente…
Futsal o Santos investiu montou um time campeão, trouxe o melhor de todos os tempos da quadra Falcão e fez uma promessa de que seria uma parceria duradoura onde todos olhavam com bons olhos o frutos dessa gigantesca parceria onde o Santos dentre os grandes clubes paulista seria novamente o pioneiro com a arte de dominar a bola e se mostrar mais uma vez ser uma maquina de titulos e de grandes talentos, porém, todo esse planejamento foi colocado um fim, no inicio o que era aparentemente um ótimo planejamento acabou sendo um fiasco e uma demonstração de total amadorismo, onde o time que tinha os melhores jogadores de futsal do Brasil tiveram que buscar novos ares, por conta de um mau planejamento, aqui segue alguns link’s com algumas noticias sobre o fim dessa parceria:

O Santos não teve uma temporada vitoriosa somente no campo em 2011. O time de futsal do clube, relançado neste ano, contou com a estrela de Falcão para conquistar a Liga Futsal e fazer história na competição – foi a primeira vez que um time paulista garantiu esse título. Mas, apesar do sucesso atingido, o clube não deve continuar sustentando uma equipe de futsal no ano que vem. A falta de um patrocinador forte faz com que o futuro do time seja indefinido e, por conta disso, os jogadores já buscam um novo destino.
ESPN: http://migre.me/c92tK

Falcão,
o maior jogador de futsal do Brasil, divulgou oficialmente nesta
quinta-feira que saiu do Santos, por conta da decisão da diretoria do
clube em não mais investir na modalidade. De férias na Bahia, onde passará o
Reveillon, o jogador postou a informação em seu perfil no Twitter.
– Queria anunciar oficialmente que infelizmente não sou mais
atleta do Santos F.C.. Por decisão do clube, o projeto futsal não existirá mais
– divulgou o ala através do seu microblog.

Spotv: http://glo.bo/uSHGhm

– Minha vontade era que durasse para sempre,
pois me sentia muito feliz e realizado em vestir essa camisa. Saio com a
sensação total de dever cumprido, de ter ajudado a montar um time vencedor, com
uma camisa vencedora.Bom galera, é isso. Agora é pensar no futuro. Vamos ver
para onde o vento vai me levar. Grande abraço a todos – completou Falcão,
torcedor confesso do time da Vila Belmiro.

Disse Falcão.

Sereias da Vila, não era somente um time formado por mulheres que jogavam e muito bem o futebol, era um time que representava a voz das mulheres, um time que quebrava e muito as vozes do preconceito, foram elas o motivo de muitas mulheres se importarem mais com esse esporte e buscar pratica-los, elas refletiam aquele time de Pelé, Pepe, Coutinho, Zito, Dorval enfim elas eram as pioneiras no Brasil com o futebol arte dominado pela classe feminina, com Marta a melhor jogadora do mundo vista como um “Pelé de saia” por muitos criticos e comentaristas de esporte, Erika um exemplo de jogadora, Maurine uma clássica jogadora com bons lançamentos e com um grande talento nas bolas paradas, Cristiane uma centroavante com faro de gol e dona de um qualidade sem igual, entre tantas outras, foram elas que fizeram muitas mulheres deixarem as barreiras do preconceito de que futebol é esporte somente de homem e deram voz a uma parte da torcida que antes era praticamente calada, era um futebol vitorioso que assim como o Santos de 60 tinha o seu ar de revolução estampado no seu DNA, foi esse espirito de mudança de revolução que fizeram o Santos ser visto como um clube visionário no Brasil rompendo barreiras e dando oportunidades, e com isso vinha ganhando a admiração e respeito de todos, em principal das mulheres que começaram a olhar o Glorioso Alvinegro com outros olhos, olhos de esperança, olhos de confiança e admiração, mas infelizmente esse foi outro projeto que também foi colocado um ponto final.
Diretoria reclamava que era um futebol que não rendia lucros só traziam gastos ao clube, porem, os gastos anuais das sereias girava em torno de R$ 1,6 milhões por ano, o que seria equivalente ao que o Santos paga de salario para um jogador reserva e criticado pela torcida, quando a publicidade começa a vingar com participações em canais de televisão, com campanhas de superação, tudo acabou, as Sereias da Vila ainda lutaram e tentaram fazer com que a diretoria voltasse atras mais não teve jeito, foi o fim das grandes e talentosas Sereias da Vila.

Sereias da Vila chega ao fim. Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, o presidente do Santos Luis Álvaro Ribeiro afirmou que o clube não terá um time feminino e nem o de futsal em 2012. Os principais motivos alegados são a falta de patrocínios, interesses de emissoras de televisão nas modalidades.
De acordo com o presidente santista, o clube desejava que o Governo apelasse para a mídia para veicular os jogos. Aconteceram duas conversas com emissoras, mas não houve acerto e interesse. Ainda segundo Luiz Álvaro, a maioria das jogadoras deve transferir-se para o futebol no exterior.

Band: http://migre.me/c93eE

O anúncio oficial do fim do ciclo do futebol feminino do Santos, assegurado nesta terça-feira pelo presidente Luis Álvaro Ribeiro, foi marcado pelo choro da atacante Érika, principal jogadora santista, que vai atuar no futebol coreano. A atleta começou o discurso emocionada e preocupada, principalmente, em dar satisfações para as colegas de time, agora desempregadas.
“Foi difícil demais porque é o meu trabalho, o que gosto de fazer. Gostaria de estar aqui, permanecer, continuar. Recebo telefonemas das meninas perguntando o motivo pelo qual ia acabar o Santos. Tive a cara de pau de ligar para o presidente para saber o que estava acontecendo. Precisava passar para elas”, disse.

Terra: http://migre.me/c93ic

Enfim o time principal, Santos começou o ano com grandes honrarias, diversos falatórios sobre suas festividades em comemoração ao seu centenário, teve homenagem até para o plantador das batatas servidas no refeitório do Santos, os santistas aguardavam a concretização de varias promessas feitas pelo Laor em sua primeira campanha, era o sonho da torcida ter em seu centenário grandes jogadores defendendo as cores do clube com amor, ver Robinho e Diego jogando junto ao Neymar e Ganso duas gerações de grandes talentos, tendo como suplentes desse show Léo e Elano idolos e exímios campeões com a camisa do Santos, sem contar a esperança da torcida de ter alem desses mais uns 3 ou 4 grandes jogadores defendendo a camisa com o dinheiro do famoso e porque não “lendário”(pois já não se passa de lenda) fundo de investimento, era o começo de um ano magnifico apesar de ter no fim do ano anterior perdido o mundial pro Barcelona, era sim um ano de suma importancia, um ano aguardado e com promessas de um futebol vistoso e bonito como é de costume o Santos apresentar, não tivemos Robinho e nem Diego, muito menos grandes contratações com o dinheiro da balela do fundo de investimentos, mas começamos bem com o Neymar em destaque com seu magnifico futebol, com um time jogando pra frente com uma sede de vitoria que enfim nos levou a mais uma conquista do titulo paulista, e nos colocou como grandes favoritos a conquista da libertadores, mas no meio desse percurso aconteceu algo que ninguém sabe explicar o futebol começou a ser mais batalhado, o Santos começou a deixar pra decidir em casa os jogos, a partida contra o Velez já era dita que era como se fosse dali que sairia o campeão, e realmente ganhamos do Velez no aperto mas ganhamos, e a proxima partida era contra nosso grande rival Corinthians mas o Santos estava tão vibrado com a possibilidade de repetir os anos de 62-63 onde o Santos ganhou em 62 a libertadores em cima do Peñarol e em 63 contra o Boca, que acabou por ficar cego e deixar o ar de ja ganhamos prevalecer, nosso rival deu um show de tática no nosso time, entraram pra ganhar não abaixaram a cabeça para o favorito e colocaram um fim ao sonho de repetir a historia.

O atacante Neymar não escondeu que pretende eliminar o Corinthians na semifinal da Copa Libertadores da América para realizar mais um sonho em sua carreira. O craque santista já está de olho na decisão da competição continental, e espera enfrentar o Boca Juniors para repetir o Santos da Era Pelé e vingar o ídolo Robinho.

“Posso estar ficando meio maluco, respeitando todos os adversários, mas vejo uma história se repetir. Ano passado fomos campeão diante do Peñarol, assim como em 62 e contra o Boca em 63. Agora tem tudo para ser contra o Boca. Eu meio que estou sonhando com isso. Respeitando o Corinthians, uma grande equipe, temos que sonhar para que possa acontecer, estou viajando na maionese para que possamos reviver isso. E devolver a derrota do Robinho”, afirmou Neymar.

Uol: http://migre.me/c94BG

Depois desse jogo vergonhoso, uma serie de fatores começaram a acontecer jogadores começaram a sair, sem reforços para suprir a saída e teve histórias conturbadas em duas saídas a de Elano que vinha sendo cobrado desde o começo do ano por não estar centrado no futebol era visivel que a vida pessoal estava atrapalhando seu rendimento profissional, com isso ele foi constantemente cobrado pela torcida e por conselheiros, nos treinos antes de sair ele demonstrou uma sede pra querer voltar marcou 7 gols em dois treinos, colunistas que encobrem o Santos já se viam felizes com a volta de um idolo, mas não teve volta o Santos trocou pelo Miralles e o Elano no Grêmio foi fundamental para levar o time gaucho a libertadores 2013, o segundo caso foi o Ganso que a muito tempo vinha sendo questionado por não aceitar as propostas de renovação do Santos, propostas essas que até hoje são um segredo para muitos, muitas das vezes preferiu escutar a DIS grupo responsavel por parte de seus direitos e que dava andamento em sua carreira, depois de muitas contusões e apresentações fracas entrou em contradição com a torcida e foi negociado com o São Paulo e hoje é tido como um trairá pela torcida alvinegra.

Elano, jogador do Santos, foi negociado com o Grêmio e em troca o time gaúcho ofereceu Ezequiel Miralles, atacante argentino.

Fox: http://migre.me/c94Ig

São Paulo, Santos, DIS e Paulo Henrique Ganso caminham a passos largos para o fim da novela que deve levar o meia ao Morumbi até o fim desta semana. Pela primeira vez, o presidente do Peixe, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, admite que pode negociar o jogador pelo valor proporcional aos 45% dos direitos econômicos do atleta a que o clube tem direito, correspondente a R$ 23,8 milhões. Antes, o Peixe batia o pé pela quantia integral: R$ 53 milhões.

Globo: http://glo.bo/QGmCBn

Muricy Ramalho que chegou como o salvador da patria em 2011, levando o Santos ao titulo da libertadores, titulo inédito da sua carreira, parecia ter aprendido com o Barcelona um novo jeito de jogar, no inicio colocou o time do Santos pra frente com um futebol envolvente de ataque e marcação, mas não demorou muito para seu lado de treinador defensivo começar a aparecer, fez algumas mudanças de posicionamento onde o time não rendia, começou a optar por jogadores que não rendiam até que começaram as saídas de jogadores do Santos, Ibson, Borges, Elano enfim foram saindo peças fundamentais o Santos já não brigava por muito, até que restava ao time e a torcida a esperança de brigar pelo menos por uma vaga na libertadores 2013, Muricy fez discursos de que seria sim possivel que daria pra buscar essa classificação, mas as convocações do Neymar provaram que o sonho da libertadores 2013 não seria possivel, com Neymar o Santos tinha um aproveitamento de 83 % enquanto sem ele o time tinha um vergonhoso aproveitamento de apenas 26%, começou a ficar claro que o Muricy não estava montando e nem trabalhando o time bem taticamente era facil de se ver que o time do Santos entrava perdido em campo, com jogadores improvisados e muitos jogando fora de suas posições de origem, sem Neymar o time conseguia ser pior que os que foram rebaixados, a prova do descaso do Muricy já vinha sendo dita por varios blogueiros que acompanham o Santos de perto, até que saiu a noticia de que fazia mais de mês que o Muricy não dava treino tático, questionado ele até brigou com jornalistas sobre isso…

O técnico Muricy Ramalho se irritou na entrevista coletiva após a derrota do Santos contra a Portuguesa, 3 a 1, neste sábado, no Pacaembu. Ele foi questionado sobre uma suposta falta de treino tático no cotidiano alvinegro e se isso teria sido influenciado negativamente no resultado contra a Lusa.

Muricy disse que faz sim atividade tática com o elenco e acusou o jornalista de não assistir aos treinos.

O repórter Felipe Camargo, da rádio Estadão/ESPN, destaca o excesso de alterações promovidas por Muricy no time do Santos neste Brasileirão. Os treinos no Santos seriam basicamente coletivos e rachões.

“Foram 24 mudanças no time em 26 jogos. Fui perguntar a ele se a falta de treino tático foi sentida no jogo”, disse o jornalista ao UOL Esporte.

Uol: http://migre.me/c95t3

Nessa ultima semana saiu Mano Menezes da seleção e Muricy tinha grandes chances de assumir, mas não foi chamado com isso o ele continua no Santos segundo o Laor até 2015 fim do mandato do presidente, esperamos que ano que vem seja diferente e que mude as coisas no Santos, e que ele Muricy faça valer a sua famosa frase de que “aqui é trabalho”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s